quinta-feira, 29 de outubro de 2009

Douradas perdidas



Tinhamos ouvido que andavam a sair umas douradas e lá fomos nós a tentar a nossa sorte.
Chegamos ao local as 13 horas ja com a mará a encher. Havia boas condições para pescar exceptuando o vento que era moderado e que dificultava um pouco a pesca.




Na escolha do pesqueiro vimos um companheiro com a cana vergada e um peixe preso que por ser muito grande não conseguio tirar. Sem chalavar e sem rebeca era impossivel. A nossa estava no carro mas ja não vinha a tempo.
Dizia ele que tinha perdido uma grande Dourada.
Com este episodio o pesqueiro estava escolhido.
Fomos ao carro buscar o material e tratamos de por o isco de molho.
Carangueijo e camarão e sardinha era os iscos que tinhamos.
A pesca á chumbadinha e á boia eram as tecnicas utilizadas.
Douradas nem velas, sairam uns sargos pequenos e salemas para não levar-mos a grade para casa.
Valeu a promessa de um dia lá voltarmos.

Nenhum comentário: