quinta-feira, 21 de maio de 2009

À descuberta



Hoje já cheguei tarde ao mar. Sem conhecer a Adraga decidi lá ir a ver se pescava e do que vi gostei bastante.
Pesqueiros que são um luxo quando o mar deixa.
Hoje era um dia de bater a Adraga na esperança tirar uns peixes.
O meu grande problema é chegar aos pesqueiros pois não são para qualquer um.
São de acesso difícil.
Conheci um pescador de fundo que teve a amabilidade de explicar alguns pesqueiros e o seu nome e como se desce ate eles.
No meio de tanta conversa um belo peixe faz-se a isca e num instante parte um 0,45. Este estava por baixo da casa das botas.
Ainda ensaiei a descida da Pedra de Alvidrar sem material, mas fiquei-me pela corda que nos leva até ao fundo.
Visto que eu ali não pescava nada decidi ir até outras paragens.
Rumei até à Praia Pequena para encontrar um sitio onde gastar a sardinha que tinha trazido.
O mar corria um bocado para poder engodar em condições.
Já na Praia das Maçãs encontrei um pesqueiro que me permitiu tirar 2 sargos jeitosos.

Nenhum comentário: