domingo, 24 de outubro de 2010

Rumo ao Oeste

Resize of 200808030004jy5

Com as previsões a indicarem razoaiveis condições para a pesca, vento norte, moderado e com ondulação de 2 metros eu e o Antonio rumamos á zona centro a fim de matar o vicio e fazer a ultima pesca antes da partida para ferias.
Arrancamos ás 9horas de forma a chegar 1 hora antes da viragem da maré vazia.


1 hora de viagem com pausa para o café para abrir a pestana.
Chegado ao destino, demos umas voltas por diversos locais a fim de sondar novos pesqueiros e encontrar um bom local para fazer a enchente.

Resize of 200808030009zk1

Depois de voltas e voltas lá encontramos um pesqueiro no fundo de um caminho de cabras e que nos pareceu que daria uns peixes.

Resize of 200808030010yc7


Montadas as canas de boia com a tradicional boia peão made in PB e respectiva montagem tambem made in PB lá fizemos o engodo e pusemos-nos a pescar.
Um toque aqui , outro acolá mas peixe nada.


Resize of 200808030020wq7

Com o encher da maré o pesqueiro não obteve as condições que nós previamos e dessa forma deixou funcionar . Variamos a montagem das boias de forma a que o peixe fica-se no anzol.
Até às 2 ultimas horas da enchente tira-mos cerca de 5 peixes com medida e decidimos mudar para um pesqueiro ja nosso conhecido.
Arrumamos as coisas e toca a fazer novamente a subida atravez do caminho de cabras.


Resize of 200808030022wm8

Ps este é a minha poesca tinhamos deixado para o 2º pesqueiro a foto de famila mas assim não aconteceu.


Com uma rapida e curta viagem, chegamos á area de pesca pertendida. Olhamos lá para baixo e a perguiça apoderou-se de nós de forma a que demos por terminada a pesca por aquele dia.
Decidimos ir beber uma cerveja bem fresquainha numa tasca ali proximo, pois porque na pesca nós não bebemos alcool por motvos de segurança.
A acompanhar uma cerveja fresquinha, vieram uns caracois e para rematar umas moelas.
Conversas puxa conversa e ja nos pusemos ao caminho eram 20 horass.
Foi um dia bem passado na companhia do meu amigo e companheiro de pesca Antonio Matos.
Espera-nos agora umas valentes pescas pela frente.

Um comentário:

Pedro Galante disse...

Estava à espera de mais qualquer coisa :-) Mesmo sem ou com pouco peixe, vocês "dão-nos" coisas bonitas...
Obrigado por mais este momento!

Abraço

Pedro